22 Fevereiro 2018

Facebook

Boxe corre risco de ficar fora de Tóquio? | Blog Blog do Daniel Fucs

Boxe corre risco de ficar fora de Tóquio? | Blog Blog do Daniel Fucs

 

Saudações Pugilísticas.

 

Não se sabe o que acontecerá até novembro, quando ocorrerá a reunião anual do Comitê Executivo da AIBA Associação Internacional de Boxe. Mas ninguém pode afirmar no momento que o Boxe tem a participação garantida nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

 

A AIBA vive processos sombrios com substituição de lideranças desde 2006, quando o paquistanês Anwar Choudhry, após anos de presidência no organismo, perdeu o cargo para o taiwanês Ching-Kuo Wu. Choundry era acusado pelos adversários, junto com o seu grupo político, de fazer uma administração viciada e com erros.

 

Wu, um ex-jogador de basquete bem sucedido profissionalmente como arquiteto, ganhou a eleição apoiado por grupos financeiros e assumiu o cargo com toda a pompa.

 

Escrevi anteriormente na coluna e repito nos parágrafos abaixo que não sou o maior fã que a AIBA possui. Porém, sempre procurei ser imparcial, mesmo nas críticas mais merecidas dirigidas à entidade. Foi assim quando divergi de alguns resultados nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, mas sem nunca ter adotado uma posição censurável de discordância total e inconsistente como, por exemplo, com relação às justas derrotas dos brasileiros na competição.

 

Quando Ching-Kuo Wu assumiu a presidência da AIBA, todos sabiam que era necessária uma “mexida” no organismo e por isso a mudança foi bem vinda pela maioria. Muitos se perguntaram o que um ex-jogador de basquete poderia fazer pelo boxe e reconheço que fui um deles. Mas a boa vontade era importante e realmente algumas modificações fizeram bem à modalidade.

 

Mas algo intrigante foi a obsessão de Wu pelo boxe profissional e pela necessidade de estar sempre no noticiário. Às vezes tinha a impressão que o seu objetivo era dominar o boxe mundial em todas as suas vertentes. E eu não estava sozinho neste pensamento. Talvez a falta de conhecimento fizesse com que ele cometesse exageros e tomasse decisões intempestivas. A mesma falta de conhecimento que o levou a tentar a presidência do IOC Comitê Olímpico Internacional com uma votação humilhante.

 

Uma dívida bancária astronômica, gerada principalmente para financiar liga de boxe profissional (WSB) vinculada a AIBA no valor de 10 milhões de dólares, se tornou impagável com recursos próprios do organismo. Isso fez com que a entidade fosse acionada na justiça e acabasse por derrubar Wu, acusado de má administração. Mas o processo foi longo, levou um tempo excessivo, muitas brigas, inclusive na justiça, e criação de um antagonismo interno que fez muito mal ao boxe.

 

No final de 2017, consciente que a situação estava insustentável, Ching-Kuo Wu se afastou da presidência da Associação. Assumiu então interinamente a presidência um dos vice-presidentes, o italiano Franco Falcinelli. Por motivos pessoais que não fazem diferença comentar para o contexto deste artigo, Falcinelli abdicou do cargo.

 

Foi quando o Comitê executivo da AIBA decidiu colocar o uzbeque Gafur Rakhimov na presidência interina da entidade. A emenda ficou pior do que o soneto. Rakhimov é suspeito de manter fortes ligações com o crime organizado, principalmente com o tráfico de drogas internacional, vinculado à heroína.

 

A gravidade das acusações levou o IOC Comitê Olímpico Internacional a suspender a ajuda financeira à entidade.

 

O boxe nesse momento corre o risco de não participar dos Jogos Olímpicos Juvenis que serão realizados em Buenos Aires, neste ano, e dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020.

 

É preciso que toda a situação do organismo seja rapidamente esclarecida junto ao Comitê Olímpico Internacional, começando pelas denúncias ocorridas nos Jogos Olímpicos de Rio de Janeiro 2016 quando Wu ainda era o presidente.

 

Muita água para rolar ainda.

Leia Mais http://globoesporte.globo.com/sportv/blogs/especial-blog/blog-do-daniel-fucs/post/boxe-fora-toquio.html

Clubes Associados

clubelabareda iate.png Palmeiras.png        
         serr.png          
                   
      

 

 

 

http://www.zoofirma.ru/